quarta-feira, 28 de junho de 2017

Sequência de fotografias na hora!








segunda-feira, 29 de maio de 2017

Os idosos são mais lentos porque têm armazenada muita informação. Eu bem que desconfiava...

Cientistas descobriram que somente após alcançar 75 anos a pessoa é considerada de "Terceira Idade". 
O Geriatra Alemão Dr. Michael Ramscar considera que "Afinal, os cérebros das pessoas mais velhas são lentos porque têm armazenada muita informação, e por isso sabem muito mais que os mais novos”! 
Com o tempo, o cérebro de pessoas mais velhas não fica mais fraco. Pelo contrário, elas simplesmente sabem mais. 
É bom saber! 
Eu sei que tenho mais amigos a quem deveria mandar isto mas, de momento, não consigo recordar os respectivos nomes. Por isso, agradeço que o enviem aos vossos amigos. Quem sabe eles também são meus amigos. E agora vou-me embora. 
“-…mas onde raio é que deixei os chinelos para me ir deitar!?"

segunda-feira, 8 de maio de 2017

A viúva, o africano e a campainha!

Uma viúva rica e solitária decidiu que precisava de um outro homem na sua vida. Então, publicou um anúncio no qual podia ler-se: "Viúva rica procura homem para compartilhar vida e fortuna. Os requisitos necessários são os seguintes: 1º) Não me bater; 2) Não fugir de mim; 3º) Ser excelente na cama."   
Durante meses a fio o telefone tocou incessantemente, a campainha não parava um segundo e recebeu toneladas de cartas. Contudo, nenhum dos pretendentes se enquadrava nos condicionalismos exigidos. 
Porém, um dia, a campainha tocou novamente. Ela abriu a porta e encontrou um preto, sem braços nem pernas, deitado no tapete da porta. 
Perplexa, ela perguntou-lhe: 
“-Quem é você? O que quer?” 
“-Olá!” - disse ele “-A sua procura terminou. Sou eu o homem dos seus sonhos.” 
“-Ah sim? E porque acha que é?” 
“-Ora” - ripostou ele “- …não posso bater-lhe, porque não tenho braços, e não posso fugir de si, porque não tenho pernas…” 
“-Está certo!” - retorquiu ela “- E o que o faz pensar que é assim tão bom na cama?” 
Ele respondeu: “-Eu toquei à campainha, não toquei!?”

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Os perigos (ou vantagens!?) de perder o telemóvel de vista!

Num clube de golf os homens estavam todos a mudar de roupa quando um telemóvel começa a tocar. Um dos homens atende em alta voz, todo o vestuário passou a ouvir a conversa.
Homem: -Olá!...
Mulher: -Amor, sou eu. Estás no clube?
Homem: -Sim…
Mulher: -Eu estou no centro comercial e encontrei um casaco de pele maravilhoso. Custa só 3.000 euros. Posso comprar?
Homem: -Sim, compra, se realmente gostaste dele!
Mulher: -Eu também passei na revendedora da Ferrari e vi os novos modelos de 2016. Vi um e apaixonei-me por ele.
Homem: -Quanto?
Mulher: -500 mil euros...
Homem: -Tudo bem, mas por esse preço quero com todos as opções incluídas.
Mulher: -Ah, tem! E só mais uma coisinha: a casa que eu queria no ano passado está de volta ao mercado. Eles estão a pedir 3 milhões por ela.
Homem: -Bom, então vai em frente e faz uma oferta de 2,5 milhões. Provavelmente vão aceitar. Caso contrário, damos os 500 mil extra mas só mesmo se a casa estiver realmente boa!...
Mulher: -Tá bem, querido. Até mais tarde! Amo-te muito!
Homem: -Adeus amorzinho! Também te amo!
O homem desliga. Os outros observavam-no admirados e boquiabertos!!
Ele vira-se e pergunta: -…mas alguém sabe de quem é este telemóvel!?